22 de nov de 2008

MATÉRIA DO
SITE DA REVISTA
"HISTÓRIA VIVA"
em 07/02/2008

Quando a América surgiu no mapa
por Graziella Beting

Mapa de Waldseemüller, a “certidão de nascimento da América”

Desde dezembro, o documento tido como a certidão de nascimento das Américas está em exposição permanente ao público na Biblioteca do Congresso de Washington. O mapa-múndi feito pelo monge alemão Martin Waldseemüller em 1507 foi o primeiro documento a utilizar a palavra “América” para designar o novo continente e a retratar integral e separadamente o hemisfério ocidental. A precisão com a qual identifica o contorno das Américas surpreende ainda hoje os especialistas.Dos entre 500 e mil exemplares editados na época, só restou esse, descoberto em 1901 e conservado pela família do príncipe alemão Johannes Waldburg-Wolfegg, que o vendeu para a Biblioteca do Congresso em 2003 por 10 milhões de dólares – o valor mais alto pago pela instituição por um documento. Com 500 anos recém-completados, a “certidão de nascimento da América” não cessa de intrigar os historiadores. O mapa de Waldseemüller foi tema de várias pesquisas recentes, que procuram entender por que o monge alemão escolheu adotar o nome do navegador Américo Vespúcio, e não o de Cristóvão Colombo, que descobriu o continente em 1492. Mais curioso ainda é o fato de que, em trabalhos posteriores, o cartógrafo deixou de lado o nome América para utilizar a expressão “Terra Incognita”. Só depois de 1520 América passou a ser adotada pelos cartógrafos.O mapa de Waldseemüller, com 2,3 metros de largura por 1,20 metro de altura, composto por 12 painéis, é a vedete principal de uma exposição maior, sobre os primeiros anos das Américas. A mostra é constituída por uma coleção de livros raros, manuscritos, documentos históricos, mapas e pinturas que vão de 1500 a.C. à época contemporânea.
As peças, todas relacionadas à história das Américas, fazem parte do acervo da Biblioteca do Congresso.
ONDE: Grande salão do edifício Thomas Jefferson, Galeria Noroeste. 10 First St. S.E., Washington.
QUANDO: De segunda a sábado, das 10 h às 17 h.
QUANTO: Entrada gratuita.
CONTATO: http://www.loc.gov/

VEJA MAIS EM: www.2.uol.com.br/historiaviva/multimidia
O nascimento da América.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quando for escrever seu comentário tenha cuidado com a ortografia e gramática. Coloque seu nome completo e, se for o caso, a turma também.
Obrigada pela participação.
Brevemente seu comentário será publicado.