19 de jun de 2010

Futebol, Memória, História.

E em tempos de Copa do Mundo, a Revista de História da Biblioteca Nacional publicou o artigo que transcrevo para vocês.
Clique no título e leia mais no site da revista.

Arquivos do Futebol
A internet preserva parte importante da memória do futebol brasileiro.
Renato Venâncio revela os vídeos e documentos guardados online sobre a grande paixão nacional.

A história do Brasil do século XX, em grande medida, é a história do futebol. O futebol contribuiu para auto-estima de nossa gente, além de possibilitar a ascensão social de milhares de brasileiros pobres. Mais ainda, o esporte bretão gerou a imagem do herói popular e da “pátria de chuteiras” – na expressão de Nelson Rodrigues – como responsabilidade de talentosos afrodescendentes, em uma sociedade que durante séculos foi escravocrata e racista.

Com certeza, porém, nem tudo são flores nos gramados futebolísticos. A maioria dos jogadores, tanto no passado quanto no presente, ganha salários miseráveis. Os que ascendem socialmente, e eventualmente se tornam milionários do dia para noite, são frequentemente extorquidos por uma corte parasitária, formada em grande parte pelas midiáticas marias-chuteiras. Além dessas mazelas, a história brasileira da corrupção administrativa, da exploração e da trapaça, em muito é tributária de expressiva parcela de dirigentes de clubes e de empresários do ramo futebolístico.

Para o bem ou para o mal, não há como negar que o futebol tem muita história para contar. Apesar disso, as ações para se preservar a memória do esporte ainda são raras. O Museu do Futebol desenvolve um trabalho pioneiro. As instituições arquivísticas propriamente ditas, aparentemente, ainda não recolhem arquivos pessoais de jogadores brasileiros. Essa memória documental - constituída por cartas, anotações, fotografias, recortes de jornais etc -, salvo para um ou outro caso, em grande parte foi perdida.

O historiador interessado no tema conta com outros tipos de fontes documentais. A impressa futebolística praticamente nasceu junto ao futebol. O site da “Coleção Linhares” disponibiliza exemplares de jornais bastante antigos, como “O Foot-Ball”, de 1917, ou então a “Gazeta Esportiva”, de 1927 .

Através de milhares de páginas de outros periódicos desta coleção é possível conhecer os primeiros passos, ou chutes, de nossos atletas dos gramados. Outra fonte igualmente importante é o portal da FIFA, que reproduz vídeos de excelente qualidade. As origens dos jogos de bola também são contempladas com detalhadas análises. Quem gosta de estatísticas se deliciará nesse site. Além disso, é possível efetuar buscas livres, como no caso da pesquisa a respeito de “Garrincha”.

No Brasil, há a Futpédia. Outro acervo fenomenal é o do antigo canal de televisão Tupi, com centena de vídeos a respeito do futebol, referentes em sua maioria à década de 1960, devendo-se clicar no lado direito do mause para ver as opções de zoom e tela cheia. E, para quem considera o futebol uma forma de arte, vale a pena conhecer as geniais pinturas de Rubens Gerchman.

Sites citados na matéria:
http://www.museudofutebol.org.br/historia/acervo/acervo

http://www.futpedia.globo.com/

http://www.fifa.com/classicfootball/history/milestones/index.html

http://linhares.eci.ufmg.br/

http://www.google.com.br/images?um=1&hl=pt-BR&rlz=1R2SKPB_pt-BRBR371&tbs=isch%3A1&sa=1&q=%22rubens+gerchman%22+futebol&btnG=Pesquisar&aq=f&aqi=&aql=&oq=&gs_rfai=





3 comentários:

  1. Perdoe-me a ausencia em seu blog, pelo visto evoluiu bastante, parabéns.
    Gosto de ver a inclusão tecnológica funcionando perfeitamente. Com essa frase podemos ligá-la não só ao blog mas também ao nosso,amor nacional, o futebol. Amor? sim amor, pois paixão é passageira, mas esse tal de futebol nçao sai da nossa cabeça.... deve ser por isso que elegemos governantes tão ruim, poluimos tanto o ambiente, trocamos de "mulher" e vivemos em constante mudança. Não os amamos e sim, somos somente apaixonados.... pena que tudo se torna passageiro de 4 em 4 anos.
    Viva o futebol e a ignorância do povo!

    ResponderExcluir
  2. Bem vindo de volta JP.
    Quando reproduzi esta matéria pensei na importância do futebol na nossa cultura. Apesar de ser um esporte que nasceu em outras terras, adaptou-se muito bem ao nosso clima e temperamento e, durante muito tempo, promoveu o Brasil pelo mundo afora.
    Meu objetivo era divulgar locais de pesquisa sobre o tema, aproveitando a oportunidade da Copa.
    Obrigada pela sua participação.

    ResponderExcluir
  3. Respondendo. Lendo novamente meu post agradeço sua compreenção porque escrevi tudo enrolado. enfim.... Não sou contra a cultura do futebol não, pelo contrário, porem não gosto dessa LOUCURA NACIONAL, você sabia que na Inglaterra só tem 3 feriados e no jogo todos trabalham?
    Quase o mesmo acontece no Brasil! rsrs. Abraços!

    ResponderExcluir

Quando for escrever seu comentário tenha cuidado com a ortografia e gramática. Coloque seu nome completo e, se for o caso, a turma também.
Obrigada pela participação.
Brevemente seu comentário será publicado.