7 de ago de 2010

Data móvel: O Dia dos Pais!

Dizem que o primeiro a comemorar o Dia dos Pais foi um jovem chamado Elmesu, na Babilônia, há mais de 4.000 anos. Ele teria esculpido em argila um cartão para seu pai. Boa idéia, não? Mas a instituição de uma data para comemorar esse dia todos os anos é bem mais recente...

Em 1909, a norte-americana Sonora Louise Smart Dodd, filha do veterano da Guerra Civil John Smart, quis homenagear seu pai. Ele havia criado sozinho seis filhos, depois que sua mulher morreu. Sonora Louise escreveu às autoridades, que concordaram com a idéia. A rosa foi escolhida para simbolizar essa homenagem: vermelha para os pais vivos e branca para os falecidos.

O primeiro Dia dos Pais foi comemorado no dia 19 de junho de 1910. Da pequena cidade de Spokane, nos Estados Unidos, a idéia passou para o Estado de Washington e de lá para todo o país. Em 1972, o presidente Richard Nixon assinou uma lei oficializando a comemoração. Nos Estados Unidos, porém, o Dia dos Pais é comemorado todo terceiro domingo de junho.

Muitos países têm datas especiais para homenagear os pais. A Inglaterra e a Argentina também comemoram a data no terceiro domingo de junho. Na Itália e em Portugal, a homenagem acontece no Dia de São José, 19 de março. Na Austrália, é no segundo domingo de setembro. E na Rússia, no dia 23 de fevereiro.

No Brasil, o Dia dos Pais é comemorado no segundo domingo de agosto. O publicitário Sylvio Bhering, inspirado pela comemoração norte-americana, propôs em 1953 a celebração do Dia dos Pais. O primeiro Dia dos Pais foi em 14 de agosto de 1953, dia de São Joaquim, patriarca da família Bhering.

A partir de então, comemoramos o Dia dos Pais todo segundo domingo do mês de agosto. No Brasil a homenagem envolve vários costumes e tradições. Muitos filhos comemoram com uma refeição em família. Ou ajudam os pais em alguma tarefa. As crianças costumam confeccionar lembrancinhas ou escrever cartões, seguindo o exemplo do jovem Elmesu.

E vale lembrar também: pai não é só o pai de verdade. Pai é aquele que gosta da gente, que cuida, dá carinho, apoio, e está sempre do nosso lado. É por isso que às vezes quem ganha uma homenagem é o padrasto, o tio, ou um amigo da família.
http://educacao.uol.com.br/datas-comemorativas/ult1688u20.jhtm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quando for escrever seu comentário tenha cuidado com a ortografia e gramática. Coloque seu nome completo e, se for o caso, a turma também.
Obrigada pela participação.
Brevemente seu comentário será publicado.