16 de ago de 2010

E EM AGOSTO TEM TAMBÉM O DIA DO HISTORIADOR!

"Um povo sem história é um povo sem memória. Essa afirmação, mais que um dito já popular, é também uma verdade histórica, pois todos os agrupamentos humanos que não preservaram sua memória - em histórias, documentos, objetos de arte e arquitetura - acabaram sucumbindo a ditaduras e até acabaram por desaparecer da face da Terra.

Por essa razão, não apenas a disciplina que trata das histórias dos povos deve merecer nossa atenção, mas também os cientistas que se dedicam a essa tarefa tão nobre. Obviamente, a história se faz por seus protagonistas: lideranças políticas, religiosas e econômicas, por um lado; grupos populares, lutas contra a opressão e pela libertação, por outro. E para registrar tudo, o historiador.

E de tal modo é importante o papel dos historiadores que, por vezes, eles ajudam, também, a reconfigurar a história de um País. Ao lado da Filosofia e da Literatura, a História está presente desde os primeiros momentos da nossa tradição ocidental, constituindo um dos saberes mais antigos de nossa civilização."

Foi com esse discurso que o Senador Cristovam Buarque (PDT-RJ) propôs a criação do Dia do Historiador. A princípio, seria em 12 de setembro, mas o Senador Augusto Botelho (PT-RR) sugeriu que a data fosse alterada para 19 de agosto, dia do nascimento de Joaquim Nabuco que, além de político, diplomata,jurista e abolicionista também era Historiador!

Assim, em 12 de dezembro de 2009 o Congresso Nacional decretou e o Presidente Lula sancionou a Lei 12 130, criando o dia nacional do Historiador, a ser celebrado anualmente no dia 19 de agosto.

A data foi escolhida, este ano, para dar início a  2ªOlimpíada Nacional de História do Brasil, organizada pelo Museu Exploratório de Ciências e a UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas).

3 comentários:

  1. parabéns pelo blog e pelo dia do Historiador!

    ResponderExcluir
  2. Leandro Pedro - T:3003 N 13

    Muitos povos foram exterminados por outros e documentos destes se perderam com o tempo ou com a guerra, como por exemplo o Império Maia q foi destruido pela Espanha. Ainda hoje, pouco se sabe sobre os Império Maia

    Aqui no Brasil, também temos povos que estão se perdendo. Por exemplo as tribos indíginas. Por ser uma cultura passada de pai pra filho e onde poucos da tribo sabem escrever ou ler. Os índios tem poucos documentos que grava sua história.

    ResponderExcluir
  3. A importância de saber a história de determinado povo é que pode-se através de artefatos , doumentos, entre outros dar continuidade a determinada cultura que agora será adotada por você, mas teve início a muitos anos atrás. Também deve-se dar atenção as manifestações que aconteceram para que se possa ter um conhecimento do desenvolvimento de sua sociedade e assim entender como ela se tornou a que você faz parte atualmente.
    Sou plenamente a favor do dia do historiador pela função que o mesmo desempenha, de grande importância para a sociedade.

    Nome : Higor Oliveira Turma: 3003

    ResponderExcluir

Quando for escrever seu comentário tenha cuidado com a ortografia e gramática. Coloque seu nome completo e, se for o caso, a turma também.
Obrigada pela participação.
Brevemente seu comentário será publicado.